Em 2050, a agricultura mundial deverá estar à altura de produzir alimentos suficientes para satisfazer nove mil milhões de habitantes. Ao mesmo tempo, deverá ser sustentável, quer dizer, preservar os recursos que lhe permitem produzir bens alimentares, num contexto de rarefacção das energias fósseis. Nesta perspectiva, o INRA e o CIRAD lançaram, em 2006, uma plataforma de reflexão sobre os desafios dos sistemas agrícolas e alimentares mundiais e sobre as questões às quais a investigação agronómica terá que confrontar-se. Esta obra apresenta, de maneira sintética e ilustrada, os principais resultados desta prospectiva alicerçada sobre dois cenários que descrevem possíveis futuros, muito contrastantes. O primeiro destes cenários assenta sobre a extensão da trajectória actual. O segundo encara um reequilíbrio da alimentação entre os países desenvolvidos e países em desenvolvimento, permitindo, desse modo, a sustentabilidade do sistema. Uma obra do interesse dos decisores, profissionais e todos os actores da investigação.

Agrimonde, scénarios et défis pour nourrir le monde en 2050
De S. Paillard, S. Treyer
e B. Dorin, coordenadores
Quæ, 2010, 299 páginas
ISBN 978-2-7592-0889-0
42 €
Éditions Quæ
c/o Inra
RD 10
78026 Versailles Cedex, França
fax : +33 1 30 83 34 49
serviceclients-quae[AT]versailles.inra.fr www.quae.com



 
TOPO DA PÁGINA